How do you measure a year ?


Quintana ensina que a beleza da folhinha

é o arrancar da folha, belo exemplo

concreto da possibilidade do recomeço,

do refazer.


Sidarta ensina que o recomeçar

é difícil, mas possível, que a dor

mascara-se em realidade e

hábitos nos abraçam num

desespero de sobrevivência.


A idade nos ensina que mudamos,

inconstantes núvens probabilísticas que

ousam desafiar as possibilidades.

Aprende, e ensina-me.

Posted by Roberto de Pinho

1 comment

Thanks!

This is one of the 525,600 reasons I admire you…

Deixe uma resposta