Crianças


Os cabelos são brancos.
Os passos, medidos.
A chave, no lugar.
O seguro, pago.
O olhar, longe.

e se de repente me descobrem,
e se todos podem ver que não cresci,
e se todos podem ver que nunca andei só ?

Pode criança perdida num mundo de adultos.

Posted by Roberto de Pinho

2 comments

Nunca mais tinha passado por aqui. O nosso amadurecimento é realmente interessante. Meu raciocínio se desenvolveu cedo e eu sei precisar seus passos. Mas o que sucede agora é uma contenção do temperamento: um silenciar morno, que desce num gole grosso e meio atravessado para dentro do meu peito. Só posso atribuir isso ao amadurecimento.
Beijos.

Também não tenho passado muito por aqui 🙂

Deixe uma resposta