2 comments

Não tenho filhos porque um dia algum deles pode querer fazer DOUTORADO e começar a postar COISAS assaz incomuns no seu blog, a ponto de um visitante assíduo não saber nem o que comentar! 😀

Curioso, Pinho, era justamente o que eu estava pensando (uma das coisas) dia desses: acho que amar (no sentido materno) é tomar as decisões difíceis pelo outro, e aceitar ser odiado por isso.

Deixe uma resposta